quinta-feira, 9 de março de 2017

Alô Alô Visitantes!!!

Quantos anos se passaram!!!
Mais precisamente, 5 anos e 4 meses sem nenhuma atualização por aqui, sem novas postagens!

Muitos motivos me levaram a abandonar o blog: a correria da vida de mãe, associada ao retorno ao trabalho, uma maluquice com minha conta de email que dá acesso ao blog, e principalmente a dificuldade em parar pra sentar em frente ao computador e postar!

Não sei se acontece com vocês, mas atualmente, não acesso mais as redes sociais pelo computador, apenas pelo celular, e isso me impossibilitava fazer novas postagens, e fui ficando desestimulada. Agora estou querendo retomar o blog, e baixei o aplicativo Blogger no meu celular, porém também não consegui fazer a postagem de lá. Tô eu aqui na frente do computador hahahaha!

Enquanto vou tentando reativar o bloguinho, vou contar uma novidade para vocês: tudo começou aqui, ENQUANTO LEONARDO NÃO VINHA!!! Mas ele veio, já tem 6 anos, é um moço do 1° ano da escola, está sendo alfabetizado e... tem uma irmãzinha!!!

Agora somos 4: Papai, Mamãe, Leonardo e Catarina!!!
E ela já vai fazer 3 anos no mês que vem, em abril!!!

terça-feira, 22 de novembro de 2011

A 1° doença infantil - Roséola

Há 3 dias Léo vem apresentando febre de 38,5° a 39° C, falta de apetite e uma leve diarréia. Sintomas esses que deu pra confundir com dente nascendo e dor de garganta. Mas a pediatra avaliou e estava tudo bem, sem motivos aparentes.

Eis que no 4° dia, Léo amanheceu sem febre e com pintinhas na testa e nas costas. 



E assim se caracteriza a ROSÉOLA ou EXANTEMA SÚBITO:
Oque é:
A roséola é causada por um vírus, o vírus do herpes humano tipo 6 (HVH-6) e 7 (HVH-7), e é transmitida pela saliva (pense em todos aqueles brinquedos que são mordidos por todas as crianças da escolinha). É difícil identificar onde ocorreu o contágio, porque a roséola é transmitida quando a erupção de pele ainda não apareceu (e portanto ela ainda não foi diagnosticada), e o período de incubação vai de 5 a 15 dias. 

Sintomas:
A roséola tem um padrão bem característico, de acordo com o esquema a seguir: 

• febre alta, repentina e contínua, que fica entre 38,3 e 42,2 graus, durante três ou quatro dias, e que desaparece tão rápido como veio 

• além da febre, sintomas como nariz escorrendo, tosse, uma leve diarréia, falta de apetite e de energia 

• quando a febre vai embora, a pele começa a ficar manchada. A erupção costuma começar no tronco, e depois vai se espalhando na direção do pescoço e das extremidades, e desaparece em algumas horas ou em até três dias. 


Tratamento:

Assim como nas outras infecções por vírus, não há tratamento contra a causa da doença, apenas para aliviar os sintomas. 

Na fase da febre, mantenha seu filho confortável, dando bastante líquido para evitar a desidratação. Administre antitérmicos se a febre estiver muito alta e a criança estiver claramente incomodada. Depois que a febre vai embora, a criança ainda pode ficar irritada e manhosa por alguns dias, portanto arme-se de paciência. Logo ela estará novinha em folha. 



Fiquei bem preocupada nos dias de febre, por não saber a causa dela. E também me preocupou a falta de apetite! Léo sempre comeu super bem, não quis saber de almoço e janta, só frutas e leite.

Mas agora sabemos com oque estamos lidando, é só observar e deixar evoluir!
Logo Léo tá novo em folha!
PS: Um agradecimento especial para minha amiga querida, vizinha e pediatra Daniela, que mesmo com um filho lindo pequerrucho (só na idade porque ele é bem grandão) e de licença maternidade, veio examinar o Léo e ouviu com carinho as neuras da mamãe aqui! Muito obrigada Dra Dani!

domingo, 20 de novembro de 2011

Tira dúvida: Berço Versátil

Olá!
Outro post que atrai muitas leitoras para o blog por pesquisa no Google é o post "O berço chegou" .

Só me dei conta hoje que não deixei indicação da loja do berço, e muitas pessoas tem interesse em comprar!

O berço do Léo se chama Berço Versátil, é da Linha Versátil da fábrica JC Móveis Clicando no nome da fábrica vai aparecer a página de revendas do site deles, basta escolher o estado e cidade onde quer comprar o berço pra ver se tem loja vendendo.


Aqui em Campinas, interior de São Paulo, nós compramos na loja Baby Company do Shopping Parque Dom Pedro. O site da loja: http://www.babycompany.com.br/home.asp?pag=site

A fábrica de móveis Sleeper também faz um berço versátil igual ao do Léo, entre no site da loja e confiram em produtos, a linha Nala.

Loja Bicho Papão que fica no bairro Cambuí aqui em Campinas vende Sleeper, na época em que pesquisei era praticamente os mesmos preços.

Foto do berço que encontrei no site da Bicho Papão:


Quem quiser um berço multi-uso como este modelo, basta procurar uma revendedora da JC Moveis ou da Sleeper perto de vocês!

Eu pessoalmente posso dizer pela nossa experiencia que é um bom berço, forte, a cômoda cabe muitas roupinhas, Apesar de ser menos que uma cômoda avulsa, eu ainda troco o Leonardo nela, ele tem 1 ano e 3 meses e ainda cabe muito bem nela pra eu trocá-lo. 

E confesso também que algumas vezes Léo acorda tão preguiçosinho da soneca da tarde que sim!!! Eu já entrei no berço dele pra preguiçar também!!!

Então quanto a qualidade, eu posso dizer que é um berço muito bom! Nunca quebrou, nunca tivemos acidentes com ele, única coisa é que o bebê cresce e passa a querer mexer em tudo que fica em cima da comoda!! Sempre que Léo acorda, ele vai até a cômoda brincar, pega a garrafa térmica, pode de lencinho umidecido... faz aquela bagunça! Tanto que eu tiro as coisas de cima da cômoda quando ele vai dormir!

No geral estamos muito satisfeitos e acho que em breve vamos transformá-lo em cama!


Fico feliz em receber dúvidas e perguntas nos comentários! É deles que surgem mais motivação para eu escrever no bloguinho!!! Fiquem a vontade para comentar, adoro!!!


sábado, 19 de novembro de 2011

Hérnia Umbilical - Antes de Depois

Hoje eu volto pra dar um fechamento nesse assunto!

Falei sobre hérnia umbilical neste post AQUI e até hoje esse post é um dos que mais atrai leitores para o meu blog por pesquisa de palavra chave no Google. Fico feliz!!!

Relendo este post, vi que realmente a hérnia umbilical é uma preocupação, ela é muito feia não? Mas que cabe a mim vir tranquiliza-las!!! Ela volta, e volta rápido, sem que a gente faça nada!

Nada de faixas, de moedas, de botões, nada!!! Deixem o umbigo da criança tranquilo que volta sozinho, juro que volta!

Não fiz nada na hérnia umbilical do Léo, e ela voltou sozinha, e em pouco tempo. 

Hoje, Léo tem umbigo lindo e perfeitinho, provo pra vocês:

Hérnia Umbilical aos 2 meses de vida (o esparadrapo que se vê abaixo do umbigo é o curativo da cirurgia de hérnia inguinal)


Cerca de 2 meses depois, com 4 ou 5 meses de idade o umbigo do Léo já tinha voltado ao normal, mas hoje vou postar uma foto "depois" bem depois, com 1 ano de idade pra mostrar como o umbiguinho voltou bem e tá perfeitinho:



Olha o umbiguinho aí! Oque antes era tudo saltado pra fora, voltou pra dentro com a ajuda DE NADA e formou até um buraquinho para dentro!!! Porque coloquei uma foto mais atual do Léo? Porque a recomendação do cirurgião pediátrico dele era que, caso a hérnia não voltasse ao normal com 1 ano e meio á 2 anos, teriamos que voltar no consultório para avaliar e talvez operar pra corrigir... mas tá ai! Voltou sozinha e sem fazer nada!

Então mamães já sabem: não existe tratamento pra hérnia umbilical, nada que possa ser feito pois ela volta sozinha em questão de tempos! Podem ficar tranquilas!

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Sono dos Bebês!

Já devo ter escrito sobre isso, mas em outra ocasião. Como o assunto dá "muito pano pra manga", ele voltou!!!


Ando pesquisando sobre o assunto, lendo algumas coisas porque os padrões de sono dos bebês mudam com a idade, é interessante acompanhar a evolução.


Encontrei algumas boas notícias sobre o sono das crianças:


  • Sabe-se que o sono é muito importante para o crescimento e desenvolvimento das crianças, pois é na hora do sono que hormônios como o do crescimento são lançados no organismo.
  • Há também liberação de substâncias que regulam o apetite e de proteínas importantes para a ativação dos linfócitos, que fazem parte do sistema imunológico do corpo.
  • O desregulamento do sono pode causar vários distúrbios. Podemos citar a diminuição do crescimento, prejuízo na memória, irritação, menor concentração e aprendizado.
  • Na escola, a criança pode até ser taxada de hiperativa. Dependendo do caso, o problema pode ser somente pouco sono durante a noite.
  • A criança só guarda o que aprende no dia durante o sono, onde os acontecimentos são processados e armazenados no cérebro. Se a criança dormir menos que o necessário, não processará nem armazenará o aprendizado do dia, não o transformando em conhecimento, isto é, se a criança não dorme o tempo necessário terá muita dificuldade para aprender coisas novas.


Lendo tudo isso, concluímos que dormir faz bem!!

Abaixo segue uma "listinha" do esperado para cada faixa etária:
  • Para recém-nascidos até os quatro meses: de 16 a 20 horas de sono. A criança ainda não é capaz de distinguir o dia da noite. Ela acorda a cada três ou quatro horas para se alimentar.
  • De quatro a seis meses: de 13 a 16 horas. A criança dorme de 9 a 11 horas durante a noite, acordando, às vezes, para se alimentar e tiram duas sonecas durante o dia de 2 a 3 horas.
  • De seis meses a um ano: de 12 a 14 horas. As sonecas são normalmente uma na manhã e outra depois do almoço e duram cerca de duas horas.
  • No primeiro e segundo ano: de 12 a 14 horas. Dispensa a soneca da manhã, principalmente se estiver na creche ou escolinha. Dorme de uma a duas horas à tarde.
  • De 3 a 5 anos: de 11 a 12 horas. Aos poucos a soneca da tarde também vai diminuindo.



O Léo acaba de completar 15 meses.
Tem dormido 12 hs durante a noite (dorme as 21hs e acorda as 9hs), e as sonecas agora, passaram para 1 por dia: ele costuma dormir cerce de 3hs durante a tarde. 



Léo é uma criança que dorme bem, não posso me queixar. Ele é bem preguiçoso, sempre que acorda da soneca do dia, ele fica de preguicinha, ele gosta de ficar no berço enrolando, se espreguiçando, acordando... se ele não tá no ponto e a gente tira ele de lá, ele abre o maior berreiro, chora nervoso!


E já que dormir faz tão bem, que seja assim então!
Pena que crescemos e desaprendemos né? 
E em breve novo post... sobre o sufoco que passamos ontem com essa história de dormir rsrsrs!


Faça sua escolha com sabedoria: o tipo de parto

Caras amigas!
Como vão vocês?
Hoje venho aqui compartilhar um video muito lindo e tocar num assunto polêmico: o nascimento do bebê!

Não quero discutir aqui os prós e contras de cesárea ou de parto normal. Já fiz meu relato de parto aqui no blog, Leonardo nasceu de parto normal, hospitalar, de trabalho de parto natural, sem ocitoncina, rápido e maravilhoso!

Só oque eu gostaria é de conscientizar gravidinhas leitoras á escolherem com sabedoria, não deixar que a falta de informação, ou informações equivocadas interfiram na sua escolha, nos teus desejos e sonhos!

Esse video é auto-explicativo. Quando tiverem um pouquinho de tempo, vejam ele e escolham aquilo que for melhor para vocês, para seus bebês, para o seu caso!


Um grande beijo, meu e do Léo!


sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Ser mãe é... ser educadora!!!

Essa é uma das partes difíceis de ser mãe!
Muitas vezes temos que controlar nossa super-proteção, a corujisse, o amor, pra podermos educar!!!

Eu explico:

Léo sempre brinca aqui no prédio no final da tarde com os amiguinhos, são sempre os mesmos, todos meninos e + ou - da mesma idade. Só tem um menininho muito mais velho que a maioria (1 ano e 10 meses) e um muito mais novo (10 meses). Os demais tão na faixa etária do Léo.


Pois bem... este menino mais velho, de quase 2 anos, ganhou há 27 dias um irmãozinho!! Ou seja, o amiguinho está todo perturbado, com ciúmes, desobediente e agressivo com a chegada do novo irmão. E hoje, ele tava sentado com a bola dele. Léo colocou a mão pra pegar, o amiguinho foi e cravou os dentes na mão do meu Léo!!! Ô pecado!!! Ô meu Deus!! Meu pequeno Léo chorou tanto!!! Como se não bastasse, a mãe dele deu bronca, foi toda correta, tirou ele da roda, conversou, explicou, reprimiu a atitude dele.  Trouxe o menino de volta pra pedir desculpa pro Léo, Léo sentadinho terminando o choro, o menino veio pedir desculpa mas não pediu nada, grudou no topetinho do Léo e puxou o cabelo do meu filho!!! Ô pecado!! Ô meu Deus!! Como é dificil ser mãe e "educadora" nessa hora, vontade de cravar os dentes no moleque e arrancar fio por fio do cabelinho dele, um por vez pra doer mais!!! Mas não podemos né?? A gente não coloca filho na escola pra não apanhar, pra não pegar doencinha e eu desço no prédio e meu filho apanha!!! Toda ciumeira que o menininho estava do irmão bebê ele veio descontar no meu filhote!!! A mãe ficou super mal, deu bronca, levou ele embora, disse que ele não sabia se comportar então ele ia subir, todo aquele bafafá e eu tendo que fazer cara de "ah tudo bem, acontece"! Sendo mãe, cada dia a gente aprende uma coisas nova e amadurece. São aprendizados pra vida toda!

A vontade é de defender nossa cria com unhas e dentes. É quase instintivo. Quem nunca perdeu a cabeça? Mas numa fração de segundos temos que retomar a consciência pra agirmos corretamente e darmos um bom exemplo. Violência gera violência. Tudo que fazemos hoje influenciará bem ou mal a formação do nosso filho. O amiguinho já estava sendo repreendido pela mãe, a mim coube a tarefa de ensinar o meu filho a perdoar/desculpar... coisa bem difícil quando estamos com raiva do amiguinho e pena do meu pequeno.



Domar a Dona Onça não é nada fácil!
Mas depois, bem depois, fiquei imaginando como deve ser difícil estar no papel da outra mãe também, do filho que agride... 
Não gostei de ver meu filho apanhar, mas também não gostaria de ve-lo agredindo!

Bola pra frente, vamos que vamos! A cada dia experimentando, absorvendo, refletindo, e amadurecendo!